36ª MOSTRA INTERNACIONAL DE SÃO PAULO
Sementes do Nosso Quintal premiado pelo público da MostraSP como melhor documentário brasileiro!
Fica 2012
Finalizado, Sementes do Nosso Quintal é lançado no Festival Internacional de Cinema e Vídeo Ambiental de Goiás
Sementes no Projeto Cinema e Corpo no CinUsp
Pré-estréia promove encontro entre educadores, pais e estudantes para refletir e debater a temática corpo e infância com o Prof. Marcos Ferreira Santos
Trailer
  • qui
    17
    Mar
  • sab
    07
    Nov
  • dom
    15
    Jun
  • qui
    05
    Jun
Diálogos
10.04
Semillas de Nuestro jardín participa em abril do Festival Internacional del Uruguay
Filme foi convidado a integrar o Panorama Largometrajes Internacionales e representará o Brasil junto com diversos filmes brasileiros no 32.o Festival Cinematográfico Internacional del Uruguay de 10 a 20 de abril. A diretora Fernanda Heinz estará novamente presente e participa de debate após a exibição. 
26.03
Sementes motiva a criação da Ciranda de Filmes, 1.ª mostra com foco em infância, aprendizagem e transformação
de 1. a 3/04 no Cine Livraria Cultura do Conjunto Nacional. Mostra de filmes, rodas de conversa, exposição do Território do Brincar, memórias da infância, apresentações musicais, um espaço lúdico e inspirador. A primeira mostra de filmes centrada em nascimento e infância, espaços de aprendizagem [...]
26.11
Sementes começa diálogo internacional sobre educação na França
Filme foi calorosamente recebido pelo público e premiado pelos internautas na 9.ª edição do Festival du Film d’Éducation na França, um dos únicos do gênero! Vale ler a crítica de Jean Pierre Carrier no site do Festival http://www.festivalfilmeduc.net/spip.php?article687  
Debates

Educar na Cultura

Cultura + educação

Quando começamos a trilhar o caminho deste projeto nos deparamos com um conflito e uma delicada conversa entre cultura e educação. Fomos questionados pelas instituições governamentais que não compreenderam a relação de um projeto que trata de educação com a cultura.

Não foram poucos os argumentos que tivemos que elaborar para deixar claro que se tratava de um trabalho justamente sobre a cultura na educação. Percebemos ao longo desses anos de dedicação a este projeto que há uma carência enorme de cultura na educação e de educação na cultura e acreditamos ser esse um dos grandes buracos do nosso sistema educacional:

Por que cultura e educação são tratados como temas ou áreas distintas? Por que a cultura não faz parte do cotidiano das escolas? Por que os educadores não assumem mais sua bagagem cultural como um precioso insumo para o seu trabalho?     

Se somos seres nascidos, imersos e produtores de cultura, temos que nos educar a partir dela e nela. É a partir da cultura que nos conhecemos, conhecemos nossa identidade, nossa comunidade, nosso país, nossos desejos e potenciais. Como desejar, amar e cuidar de nosso bairro, cidade, país, planeta, se não for pela identificação com a cultura que faz desabrochar um sentimento de amor e pertencimento.

Na minha opinião essa deve ser a base de uma educação coerente, sensível, criativa e forte. 

Propomos este diálogo permanente. Gostaríamos de ouvir a opinião de vocês e exemplos concretos que demonstram como é rico e possível vivenciar a nossa cultura desde os primeiros anos. 

  

Fechar
Legenda
Newsletter
+
Nome
Email
Receber Newsletter
Últimos Comentários
+
PRISCILA APARECIDA GONÇALVES
Muito interessante o filme. A proposta pedagógica e a concepção de criança vai de encontro com o que acredito na educação. Gostaria de informações referente a venda do DVD, pois,...
Áurea Carolina Coelho More
Olá, Fernanda. Sinceramente talvez meu post esteja um tanto "atrasado", mas como o tema é atemporal e constante fonte das minhas preocupações pessoais, gostaria de me unir a esse debate....
  • Patrocínio