36ª MOSTRA INTERNACIONAL DE SÃO PAULO
Sementes do Nosso Quintal premiado pelo público da MostraSP como melhor documentário brasileiro!
Fica 2012
Finalizado, Sementes do Nosso Quintal é lançado no Festival Internacional de Cinema e Vídeo Ambiental de Goiás
Sementes no Projeto Cinema e Corpo no CinUsp
Pré-estréia promove encontro entre educadores, pais e estudantes para refletir e debater a temática corpo e infância com o Prof. Marcos Ferreira Santos

Produção e Acervo

|

A pré-produção e pesquisa para o documentário começou em 2007, quando a primeira filha da realizadora iniciou sua adaptação na Tearte. Já no primeiro semestre desse ano, as gravações tiveram início.

Após um período de afinação da equipe, etapa de especial atenção, uma vez que a sensibilidade e sintonia dos integrantes é fundamental para atuar por tanto tempo e com tanta intensidade em um ambiente sensível como o de uma escola infantil, gravamos em 2008, 2009 e, principalmente, 2010, após a viabilização do projeto, quando foram realizadas mais de 30 diárias.

Com isso, conseguimos acompanhar de perto o desenvolvimento de muitas crianças e a vivência do ciclo natural e cultural das festas populares do ano, muito presentes na escola.

De especial destaque foi a interação não invasiva do diretor de fotografia (Rodrigo Menck) com as crianças e adultos em seu dia-a-dia na escola. O resultado do documentário deve-se muito à sua sensibilidade em captar momentos únicos sem intervenção, mas com cumplicidade.

Desde o início optou-se por uma equipe enxuta. Na maioria das vezes era só a diretora, que também assumiu a assistência e o áudio diversas vezes, o fotógrafo e a produtora.

Quanto à diretora, dentro da escola ela ainda assumiu o seu papel de mãe de duas alunas e de ex-aluna. Uma mistura intensa de papéis que, aliada à forte personalidade e a relação com a Therezita, tornou o processo mais complexo e rico.

“Não foi uma trajetória solitária. Além da própria Therezita e dos educadores e comunidade escolar, fui conhecendo pessoas de diversas áreas do conhecimento que formam uma verdadeira rede em defesa da infância. Dulcília Buitoni, jornalista e ex-mãe da escola, autora de dois livros sobre a Tearte que muito nos inspirou, Lenira Haddad, educadora hoje baseada na UFAL, Adriana Friedman, José Pacheco, Marcos Ferreira Santos, Soraia Chung Saura, a própria Renata Meirelles, que foi essencial neste processo. Todos eles são inspiradores e arrimo do projeto, pessoas que batalham pelo respeito à infância e me fizeram mergulhar em um universo fascinante. Hoje me considero mais uma integrante dessa batalha por valores humanos e verdadeiros para a infância e a educação.”, diz Fernanda Heinz.

Existe hoje um crescente número de documentários sobre educação, todos em integrantes de um movimento de mobilização por novos paradigmas na educação e na sociedade. Pretendemos que Sementes do Nosso Quintal integre e fortaleça esse movimento, relevando uma experiência concreta, muito brasileira, simples e com resultados muito felizes.

Mesmo tendo realizado muitas entrevistas com professores, especialistas, pais e ex-alunos da escola, que integram o acervo de mais de 450 horas de material, ao definir o roteiro do filme buscou-se um caminho orgânico que apresentasse a criança através de uma escola que a deixa ser. Este valioso material, no entanto – além do longa metragem e dos vídeos extras que irão aprofundar alguns dos temas tratados, inclusive com entrevistas – será disponibilizado ao público para pesquisa depois de uma catalogação apropriada a ser realizada em uma segunda etapa do projeto.

Diálogos
10.04
Semillas de Nuestro jardín participa em abril do Festival Internacional del Uruguay
Filme foi convidado a integrar o Panorama Largometrajes Internacionales e representará o Brasil junto com diversos filmes brasileiros no 32.o Festival Cinematográfico Internacional del Uruguay de 10 a 20 de abril. A diretora Fernanda Heinz estará novamente presente e participa de debate após a exibição. 
26.03
Sementes motiva a criação da Ciranda de Filmes, 1.ª mostra com foco em infância, aprendizagem e transformação
de 1. a 3/04 no Cine Livraria Cultura do Conjunto Nacional. Mostra de filmes, rodas de conversa, exposição do Território do Brincar, memórias da infância, apresentações musicais, um espaço lúdico e inspirador. A primeira mostra de filmes centrada em nascimento e infância, espaços de aprendizagem [...]
26.11
Sementes começa diálogo internacional sobre educação na França
Filme foi calorosamente recebido pelo público e premiado pelos internautas na 9.ª edição do Festival du Film d’Éducation na França, um dos únicos do gênero! Vale ler a crítica de Jean Pierre Carrier no site do Festival http://www.festivalfilmeduc.net/spip.php?article687  
Fechar
Legenda
Últimos Comentários
+
PRISCILA APARECIDA GONÇALVES
Muito interessante o filme. A proposta pedagógica e a concepção de criança vai de encontro com o que acredito na educação. Gostaria de informações referente a venda do DVD, pois,...
Áurea Carolina Coelho More
Olá, Fernanda. Sinceramente talvez meu post esteja um tanto "atrasado", mas como o tema é atemporal e constante fonte das minhas preocupações pessoais, gostaria de me unir a esse debate....
  • Patrocínio